MUNDO TEIXEIRINHA – Edição 17

Depois de um atraso monumental (e justificado!), finalmente consegui acessar à Internet para atualizar o blog. De pronto, devo dizer que fiquei imensamente feliz com dois fatos: primeiro, as mensagens enviadas por várias pessoas me parabenizando pela formatura; segundo, o recorde de comentários e sugestões em uma única semana. Espero responder a todos!

Teixeirinha e Zico

Semana passada surgiu uma dúvida: o Antônio Cândido queria saber quais eram as gravações realizadas entre Teixeirinha e o cantor Zico. Eu informei que nada sabia sobre tais músicas e a conversa parou por aí. No entanto, rapidamente surgiram dois amigos dispostos a ajudar. O primeiro, Samuel, não apenas explicou quem é Zico, como apresentou as duas músicas que este cantor (integrante da dupla Zico e Zeca, sucesso dos anos 60) gravou com Teixeirinha. As duas canções foram lançadas num 78RPM de 1961, produzido pela Chantecler com o número CH-10.254. As músicas são: o xote “Decisão de quem ama” (autoria de Teixeirinha) e a toada “Surpresa do destino”. Quem quiser ouvi-las, vai o endereço: http://www.divshare.com/download/3544606-f07

Remasterizações

O Humberto Sousa, da Ilha da Madeira (Portugal), deseja saber se os LP’s “Carícias de amor” e “Aliança de ouro”, ambos da Copacabana, já foram lançados em CD. O caso destes discos é o mesmo do álbum “Última tropeada”. Ou seja, eles foram remasterizados pela ES Discos no início dos anos 2000, mas como houve algum problema de ordem autoral, os discos não são oficialmente reconhecidos. A coleção da ES já está fora de catálogo. Só pra lembrar: em breve vou disponibilizar uma listagem detalhada de todos os LP’s já lançados em CD.

MP3

Os amigos Almir e Juliano Cardoso citaram a possibilidade de trocas das músicas em MP3 entre os participantes do blog. Devo avisá-los de que, apesar de entender a vontade de todos em possuir as músicas, não posso incentivá-los a tal prática, pois – além de crime – isso infringe meus direitos e deveres de pesquisador, o que é ruim para todos nós. Evidentemente, não posso proibi-los de trocarem as canções, mas também não posso permitir que o blog sirva como meio para isso. Espero que entendam.

Mary

A Janice pergunta se eu possuo o endereço da Mary. Infelizmente, ainda não tenho, mas sei que ela se encontra muito bem e que continua amando a todos os seus fãs. Espero conseguir em breve algumas entrevistas com ela!

Entrevistas

O Tales deixou uma mensagem pedindo entrevistas de Teixeirinha. Por ora, não posso adiantar muito, mas assim que a pesquisa de mestrado tomar um fôlego, publicarei alguns trechos de entrevistas que possuo. Esta será mais uma das novidades do blog a partir de março!

Há…há…há…

O Juliano Cardoso perguntou onde pode encontrar a música “Há…há…há…”. A vaneira está no LP “Doce amor” (Copacabana, 1970). O disco não é encontrado em CD.

Meu ex- amigo

O Plínio Meganon pergunta a quem foi dedicada a música “Meu ex-amigo” (“Meu ex-amigo lamentas / por não ter minha amizade…”). Ainda não existem certezas quanto a isso, mas especula-se que ela tenha sido escrita por Teixeirinha em resposta a Gildo de Freitas ou a Jorge Camargo. Eis mais um dos mistérios que envolvem estes nomes…

Conversa fiada

O Rafael Luiz pergunta se a canção “Conversa fiada” foi dedicada a Teixeirinha ou ao Gildo de Freitas. Confesso que fiquei na dúvida, pois não conheço tal composição e nem sei a que repertório ela pertence. Se alguém souber, ajudem-nos!

Fã de carteirinha

A edição de março do “Fã de Carteirinha” está já está sendo preparada. Para a próxima matéria, escolhi a Rozélia Baptista (por isso quero que ela mande o e-mail para chicocougo@gmail.com). Quem quiser participar, pode deixar uma mensagem também, pois a matéria de maio ainda não tem o personagem principal!

“Querência Amada” com Mary?

O Luiz Fernando postou por aqui uma dúvida interessante: existe uma versão da música “Querência amada” onde Mary Terezinha aparece cantando? A dúvida tem muito sentido: em várias menções ao disco “Aliança de ouro”, vemos o famoso “participação de Mary Terezinha” logo ao lado do título deste xote. Na canção, Mary não aparece em momento algum no vocal. Contudo, tenho uma teoria: possivelmente, a tal participação refira-se ao acompanhamento da cantora em todo o disco. Por algum motivo, entretanto, a frase ficou próxima ao título da música na capa do LP e acabou sendo relacionada com a composição. Se alguém souber algo que desminta esta tese, anuncie por aqui!

“Nova série” = “Popularidade”

A Fernanda Athayde pergunta se o novíssimo CD de Teixeirinha na coleção “Nova Série” (Warner, 2007) é o mesmo disco “Popularidade” (Warner, 2002). Realmente, não sei, mas suponho que sim, pois as músicas são as mesmas e estão na mesma ordem, até onde me consta.

Dúvidas

O Mário Azevedo pergunta onde se encontra a música “Gaúcho mulherengo”. Este xote está no álbum “Teixeirinha no cinema” (Chantecler, 1966). Em CD, pode ser encontrado no número 15 da Série Gauchíssimo (Orbeat/Warner, 2002).

“Adeus Carmen Miranda”

O Juliano Cardoso pede a letra e informações sobre a música “Adeus Carmen Miranda”, feita por Teixeirinha em homenagem à pequena notável. A composição foi lançada no LP “Saudades de Passo Fundo”, em 1962. Este LP foi remasterizado, transformando-se no 12º da Série Gauchíssimo. É um belíssimo tango cuja letra diz o seguinte:

No dia cinco de agosto
Já faz anos, foi ouvido
Uma notícia chegada
Lá dos Estados Unidos

Meu coração nesta hora
Ficou triste, aborrecido
Por saber que nossa Carmen
Miranda tinha morrido

O Brasil foi abalado
Foi profunda a sua dor
Adeus, rainha do samba
Morena da nossa cor

Morreste longe de nós
Quanto te demos valor
De vez em quando o Brasil
Perde um dos ‘melhor cantor’

Carmen, rainha do samba
Até pros americanos
Foi a procura de glória
Lá ficou dezesseis anos

Quando a morte, traiçoeira
Quis lhe dar os desenganos
Ele veio no Brasil
Despedir dos conterrâneos

Lá pros Estados Unidos
Carmen Miranda voltava
Que nossa Carmen morria
O Brasil desconfiava

Voltou pra buscar a morte
Que tão longe lhe esperava
E no fim de poucos meses
Morta no Brasil chegava

Dia doze de agosto
Chegou, pelo avião
O corpo de nossa Carmen
Deitado sobre um caixão

Nós brasileiros ‘chorava’
Surpreendido de emoção
A baiana brasileira
Só deixou recordação

Foi morar com Chico Alves
No campo São João Batista
São duas ‘cruz’ por lembrança
Que de longe a gente avista

No Brasil e no estrangeiro
Ela foi maior artista
Adeus, ô Carmen Miranda
Adeus, baiana sambista

“Catuaba com Amendoim canta Teixeirinha”

O Mário Azevedo pede informações sobre o CD “Catuaba com Amendoim canta Teixeirinha”. Confesso que há tempos estou devendo uma matéria sobre este disco (que não possuo, aliás). Assim que coletar maiores informações, faço o texto. Por enquanto vou deixar aqui na lista de ótimas sugestões!

“Repente”

O Felipe Negreiros pergunta qual o nome da música em que Teixeirinha pede quatro palavras para a platéia e, em seguida, começa um improviso. Esta composição foi gravada com o nome de “Repente”, no disco “Teixeirinha Show”, de 1963. O LP será analisado no próximo “Discomentando”, ainda neste mês. Por enquanto, te adianto o seguinte: além de sol, cachaça e amor, Teixeirinha teve que rimar também com a palavra aleijado.

Agradecimentos

Por fim (ufa!), os agradecimentos da semana, deixando o meu mais profundo abraço a todos os que aqui escreveram desejando sorte e me parabenizando pela formatura que ocorreu na sexta, 25/01. Nominalmente, deixo meu muito obrigado para: Jaison, Samuel, Almir, Antônio Cândido, Humberto Souza, Gabriel Lopes Pereira, Juliano Cardoso, Keche, Plínio Meganon, Rafael Luiz, Julio Pedro Martins, Rozélia Baptista (me manda o e-mail!), Luiz Fernando Durante, Tiago Sene (em breve, a matéria sobre a Dona Zoraida), Fernanda Athayde, Mário Azevedo, Felipe Negreiros, Arnaldo Guerreiro, Nicole Reis, Betha Teixeira e Cezinho. Tudo de bom a vocês!

O gaúcho Teixeirinha

Há alguns meses os amigos Gabriel Lopes Pereira e Nilton José Tavares pedem uma matéria falando sobre a vida gaúcha de Teixeirinha. Confesso que não escrevi antes por total falta de material sobre o assunto. Contudo, de umas poucas semanas pra cá, começaram a fervilhar fotos e informações sobre o tema. A matéria de hoje é apenas a primeira de algumas que pretendo realizar com o passar do tempo. Por questões de tempo, o texto ficou pequeno e sem o mesmo brilho de alguns outros, mas pouco a pouco vou coletando material e escrevendo mais sobre o tema (em breve um super texto sobre o famoso “Rancho do Capivari”). Mesmo assim, acho que vão gostar!

9 respostas para MUNDO TEIXEIRINHA – Edição 17

  1. Prof. Claudiomar Oliveira disse:

    Alow Chico, tudo bueno?
    Parabéns pela Formatura.
    Será qua a música “conversa Fiada” que o Rafael Luiz se refere, não é a gravada pelo José Mendes?
    Acredito que sim.
    José Mendes gravou esta música em 1972, pela Copacabana (o 5º por esta gravadora), com o título Gauchadas, e era a 5ª faixa do lado A e se referia a colegas artistas.

  2. Thiago Sene Vaz disse:

    Existe algum site aonde podemos ouvir as canções do Teixeirinha?
    Lembro que não Rádio UOL tinha o álbum “Popularidade”, mas não sei porque eles tiraram!

  3. Rozélia Baptista disse:

    CHICO:

    Canta Teixeirinha é o grande lançamento de 2005 do Catuaba com Amendoim, a banda de forró formada em 1996 pelos vocalistas Socorrinha, Kiko, Cláudia Lombardi e Luciano, que também é sanfoneiro, além de B. Jota no sax, Francisco José e Francisco José II na bateria, Agnaldo no baixo e Lídio no teclado. São 14 faixas fantásticas com o melhor da obra do mestre, entre elas, “Cobra Sucuri”, “Tempo de Mocinho”, “O Menino da Porteira”, “Caminhoneiro Amigo” e “Vejo o Nosso Amor no Fim”, alguns dos destaques.

  4. Rozélia Baptista disse:

    CAPA DO CD:

    http://www.submarino.com.br/cds_productdetails.asp?Query=ProductPage&ProdTypeId=2&ProdId=1028370&franq=134562

    LISTE AS MÚSICAS PARA O PESSOAL CONHECER E ESTE CD PODE SER OUVIDO NA RÁDIO UOL TAMBÉM!

    BEIJOS!

  5. Thiago Sene Vaz disse:

    Gostaria de ler uma matéria ou um comentário sobre as músicas de Teixeirinha aos Presidente da República.
    Sei que tem música para Getúlio, Juscelino e Médici.
    Ele chegou a conhecer algum pessoalmente?
    Abraços.

  6. Fernanda Athayde disse:

    Chico!
    Desde já quero dar uma sugestão de matéria para o mês de maio…rsrsrs
    Tenho medo que eu esqueça da idéia ou deixe para dar esta sugestão muito tarde.
    Chico, seria interessante e bonito que você fizesse uma homenagem a todas as mães pelas letras de Teixeirinha.
    As canções “Doce Coração de Mãe”, “Amor de Mãe”, “A Força do Nome de Mãe”, “A Volta da Mãe Diferente, “Coração de Luto”, “Resposta do Coração de Luto” e tantas outras são lindas e falam do valor que se deve dar a esta que nos deu a vida como canta Teixeirinha: “(…)Trate bem as suas mamães igual eu tratei a minha(…)” “(…)mas vale uma mamãe viva do que milhões de cruzeiro(…)” “(…)morta ou viva vale sempre mamãe é a nossa rainha(…)”
    Acredito que será uma matéria muito bonita e a cara de Teixeirinha, pois foi com o nome de sua mãe que “O Gaúcho do Rio Grande” conquistou o Brasil.
    Beijos!

  7. Rozélia Baptista disse:

    ADOREI A SUA IDÉIA FERNANDA!
    BEIJOS!

  8. Gaúcho.Online disse:

    Interessante saber a historia da música “Meu-ex Amigo”
    pois no mesmo disco de 1974 a mais 3 músicas que merecem citação.
    Alma Penosa—Homenagem a José Mendes
    Falso Amigo
    Facão de três Listras
    Tenho convicção que Meu ex amigo era para om Gildo e talvez essa
    música ajude a desvendar para quem era o Relho Trançado.
    Pois na música meu ex-amigo o Teixeirinha cita
    Que o ex-amigo preferiste aqueles dois chantagistas, e na música relho Trançado existe o
    Velho e o filho.
    Muitos argumentam que o relho e o Facão eram para o Gildo, pelo simples fato que ele respondeu(música por música cito mais uma vez “Cachorro Velho, pois nela o Teixeirinha afirma que o relho e o facão não era para ele)
    Mas o Gildo tem uma música que talvez explique tudo isso, é a resposta do Relho Trançado.
    –Se é de fato imaginação está provando que não és decente
    todo poeta na inspiração espande em rima o que a alma sente
    está provando suas qualidades e demonstrando que tens vontade de agarrar fama de Homem Valente….
    E Sabes que o Gildo fez as duas respostas no mesmo disco, tanto que na resposta do relho ele já cita o Facão e na resposta do facão também Cita o relho.E na ordem cronológica 1º veio o relho e depois o Facão.
    E que depois da música “resposta do Cachorro Recalcado” a música mais agressiva do Gildo foi
    Não Enjeito Proposta, também é de 1975 só que de outro disco. Acho que nas entrelinhas foi resposta ao ex-amigo, ali para mim foi o rompimento da parte do Gildo. Do Teixeirinha foi “Meu Ex-amigo e claro depois o final realmente foi o cachorro e a resposta”.
    Quando tu era pelado eu sempre fui teu amigo
    Tua esposa é testemunha destas palavras que eu digo
    Só depois que enriqueceste ficaste meu inimigo
    E arrota tantas grandezas que me força a natureza
    A de um dia pelear contigo
    Acima trecho da resposta do Cachorro Recalcado.
    E estas que questões de Amigos e compadres cito outra música do Gildo “Abrem o Olho Amigo” de 1976, a certa altura diz:
    –Eu sei porque conheço um amigo falso depois que agarrou dinheiro ficou tão mal amigo.
    Misturei um pouco as coisa mas mantenho convicção em relação a música “Meu-Ex Amigo” para Gildo de Freitas. Qualquer coisa podem usar o e-mail (jaisondb@gmail.com).
    Quanto a “Conversa Fiada” do José Mendes, Complementando a informação do Professor Claudiomar não era para alguém especificamente, pelo que li e ouvi ouve certo preconceito de alguns “Tradicionalistas” ao estilo José Mendes para estes tradicionalistas que o José Mendes escreveu e gravou. Tanto que depois se não me engano até o Porca Veia regravou está música.

  9. wesley disse:

    vc tem essa musica resposta do cachorro recalcado se tiver mande pfv wesleycoloraado@gmail.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: